Quais são as características do café carioca?

Você gosta do café carioca? Quer saber como preparar esse café delicioso? Então nos acompanhe neste artigo e descubra tudo sobre essa versão emblemática do cafezinho

Uma das bebidas com mais variedades no mundo é o café: em cada canto, é possível encontrar uma forma diferente de prepará-lo e um sabor novo.

Uma dessas variedades é o café carioca, que também é conhecido por muitos como café americano.

O seu sabor é bem mais fraco e há muitos apreciadores que o pedem nas cafeterias, nas padarias e até que o preparam em casa.

Aprenda a partir de agora as principais características do café carioca.


Como é composto o café carioca?

O motivo para café carioca ser mais fraco é a sua diluição: depois de pronto, são acrescentadas, aproximadamente, 15ml de água quente.

É imprescindível que a água esteja bem quente para não prejudicar o sabor do café, além de ser possível obter a dissolução perfeita.

A cada 15ml de água, é preciso que a bebida tenha entre 20 e 30m de café; caso contrário, tem-se o que é apelidado de cháfé, ou seja, algo excessivamente fraco.

Nas cafeterias e lanchonetes, os funcionários aprendem como medir corretamente as proporções de água quente e café expresso para que o café carioca obtenha o sabor adequado.

Quais são as características do café carioca?


Quem são os consumidores do café carioca?

O surgimento do café carioca ocorreu nos Estados Unidos, onde a população tem preferência por sabor mais suave.

Inclusive, é esse sabor suave que faz com que os norte-americanos tomem tanto café: se a bebida fosse mais forte, como muitos brasileiros consomem, é possível que as cafeterias dos EUA vendessem bem menos.

Por aqui, os entusiastas do café carioca também são as pessoas que preferem sabor mais suave.

Muita gente tem intolerância ao gosto forte do café, ficando enjoadas: para estas, essa versão da bebida é a ideal.

Aliás, ela é indicada para quem não quer prejudicar o sono também; apesar disso, é claro que mesmo o café carioca não deve ser ingerido perto do momento de dormir.


Como preparar o café carioca em casa?

Fazer o café carioca em casa é fácil, mas é preciso medir corretamente a água quente para não dissolver excessivamente a bebida:

  • Prepara-se um café de sabor médio ou intenso. Ele pode ser de cafeteira (expresso) ou o comum, feito com o coador;
  • Enquanto o café está sendo finalizado, esquenta-se um pouco de água em um recipiente a parte;
  • Coloca-se o café pronto em uma xícara, deixando uma parte para ser completada com água quente;
  • Colocam-se as 15ml de água quente e deixa-se incorporar
  • Bebe-se o café carioca ainda quente

É muito mais fácil preparar o café carioca do que outras versões, como o café média ou o cappuccino.

Isso porque a receita original destes últimos pede leite vaporizado, sendo preciso um pouco mais de trabalho para fazê-lo: deve-se bater o leite gelado com um misturador de claras até criar espuma ou colocá-lo no mixer.

Para o café carioca, por outro lado, basta ter 15ml de água quente e o próprio café, já pronto.


Cuidados ao preparar o café carioca

Teoricamente, esse é um dos tipos de café mais fáceis de fazer, mas não quer dizer que a pessoa não pode errar na receita.

Com isso, algumas dicas úteis são:

1 – Confirmar que as 15ml de água adicionadas estão efetivamente quentes – muitas pessoas veem a água criando algumas bolhinhas e acreditam que ela está quente o bastante.

Porém, muitas vezes, ela está só morna e essa não é a temperatura correta para dissolver o café.

Uma dica é deixar a água ferver e desligá-la por um ou dois minutos antes de usar as 15ml necessárias;

2 – O café a ser dissolvido não pode estar fraco: como será adicionada mais água, esse café deve estar relativamente encorpado;

3 – Não é indicado adoçar o café carioca depois de pronto: o melhor é colocar o adoçante ou o açúcar antes de fazer a dissolução.

Vale lembrar que pessoas com alergia ou que não podem consumir cafeína não devem tomar o café carioca: ainda que ele seja mais fraco, a cafeína está presente.

Uma opção é usar o pó ou a cápsula descafeinada.

Quais são as características do café carioca?


Média de preço do café carioca

Quem tem a intenção de degustar esse tipo de café na rua não precisa desembolsar muito: na famosa rede Starbucks, os consumidores pagam R$ 4,90 pela bebida pequena.

Se quiserem uma dose maior do café carioca, o custo é de R$ 8,50; entretanto, é preciso atenção ao cardápio, pois nele o termo usado é “café americano”.

Aliás, muitos estabelecimentos identificam a bebida dessa forma e não como “café carioca”, valendo reforçar que se trata da mesma coisa.

Provavelmente, as lanchonetes cobram menos por esse café, já que a maioria dos produtos da Starbucks tem preço mais valorizado.

Já as cápsulas de café expresso (ao qual o consumidor adiciona a água quente depois para fazer o carioca), custam mais ou menos R$ 1,43, sendo vendidas em muitas varejistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *